Como usar o método 50-30-20 no seu dia a dia?

O método 50-30-20 é bastante eficaz para organizar as finanças. Aprenda agora mesmo a utilizá-lo e deixe sua vida financeira mais organizada!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Fazer um orçamento pode ser difícil para alguns. Felizmente, há maneiras muito eficazes de organizar um orçamento que podem ajudar qualquer um a administrar bem seu dinheiro. Um deles é o método 50-30-20, que pode simplificar a forma como você destina seus rendimentos.

Um orçamento pessoal exige disciplina e é importante que tudo o que envolve seu dinheiro seja anotado. Esse processo mais tradicional pode demorar, principalmente para aqueles que não têm ideia de quanto deve ser gasto no dia a dia, quanto deve ser destinado para as diversas atividades da vida e qual o valor ideal para emergências e reservas para o futuro. 

Se você pensa a mesma coisa dos métodos tradicionais, acha complicado anotar seus gastos e controlar suas despesas dessa maneira, seus problemas acabaram!  Aprenda agora como utilizar o simples método 50-30-20 e nunca mais tenha problemas com o seu orçamento

Acompanhe!

O que é o método 50-30-20? 

Essa regra 50-30-20 foi criada nos Estados Unidos para ajudar as pessoas a controlarem melhor suas finanças e saber a quantidade que podem gastar em cada âmbito da sua vida pessoal. 

O método divide o orçamento em três partes, a saber:

  • 50% da sua renda deve ser utilizada com suas necessidades do dia a dia, como alimentação, impostos, moradia e transporte;
  • 30% e a porcentagem que pode ser utilizada na compra do que você quer, mas que não sejam necessárias, como compras, viagens e jantares, dentre outros;
  • 20% deve ser utilizado nos objetivos financeiros, como reserva de emergência, pagamento de dívidas, investimentos ou reservas para o futuro. 

Se você não sabe como dividir seu orçamento em porcentagem, é só calcular 50%, 30% e 20% de todas as suas fontes de rendas, que pode ser somente o salário, por exemplo. O valor correspondente a cada percentual será o montante que você deve aplicar, respectivamente. 

Assim fica mais fácil, não é mesmo? O método 50-30-20 é indicado para todos que tem dificuldade em montar um orçamento e ajuda a equilibrar nossa vida entre obrigações, lazer e objetivos. 

Utilizar esse método lhe possibilita viver sem prejuízos e de forma tranquila. Ou seja, você terá como pagar suas necessidades básicas, desfrutará de momentos de diversão e prazer e irá guardar para seu futuro, para cumprir as suas metas.

Por essa facilidade, é uma ótima opção para os iniciantes que precisam criar um orçamento. Se você não souber como organizar o orçamento e como dividir os gastos do mês, o método 50-30-20 pode ser o melhor ponto de partida para controlar suas finanças de forma eficiente. 

Como utilizar o método 50-30-20? 

A primeira ação que você deve tomar é anotar todos os seus gastos e ganhos. Dessa forma, você saberá onde está gastando seu dinheiro e em quais áreas você está despendendo dinheiro em excesso, para poder eliminar os gastos sobressalentes. 

Essa parte pode ser a mais demorada e trabalhosa, mas deve ser realizada satisfatoriamente. Depois disso, você poderá separar os gastos essenciais, os gastos pessoais e o valor a ser utilizado para quitar dívidas e investir.

Bom, mas o que deve ser considerado em cada categoria? Isso é o que você verá a seguir.  A facilidade do método está justamente em não precisar dividir as despesas em diversos grupos, apenas três. 

Gastos necessários (50%)

Os gastos necessários são aqueles que você deve ter para sobreviver e ter uma vida confortável. Nessa categoria, devem ser incluídas despesas como: aluguel, condomínio, conta de luz, alimentação, transporte, e outros. 

Para não restar dúvidas se a despesa é necessária ou não, entenda como aquelas que você precisa realizar para viver, que atendam a necessidades fisiológicas e de segurança, principalmente. Os gastos necessários geralmente são os mesmos para a maioria das pessoas. 

Na separação dos gastos obrigatórios, você precisa saber diferenciar necessidades de desejos. Por exemplo, comprar uma calça para trabalhar é necessidade, mas comprar algumas roupas simplesmente por ter gostado das peças – sem que realmente precise delas – é desejo. 

Algumas despesas podem ser consideradas necessárias ou não. Isso depende da opinião pessoal. Por exemplo, pagar academia pode ser considerado algo essencial para uns, enquanto para outros é apenas um hobby. Ou seja, algo que eventualmente pode ser substituído. 

O mesmo vale para planos de saúde, cursos, assinaturas de algum serviço, entre outros. Depende de cada um. Por isso, é importante analisar e separar com calma essas despesas, pois serão utilizados 50% do seu orçamento para isso. 

Gastos pessoais e com lazer (30%)

Poderão ser utilizados 30% do seu orçamento em gastos com seus desejos pessoais. Ou seja, despesas que lhe proporcionem conforto e momentos felizes, como refeições fora de casa, viagens e passeios. 

Trata-se de uma categoria muito pessoal, pois somente você poderá definir o que lhe faz bem e com o que você deve utilizar esses 30%. Enquanto que os gastos obrigatórios dificilmente podem ser alterados ou cortados, os gastos pessoais podem ter reajustes. 

O ideal é você ajustar esses gastos com a condição financeira e de vida que você tem, para evitar estourar nessa categoria. 

Gastos com dívidas e investimentos (20%)

Aqui você inclui os gastos com dívidas de bancos, boletos e outras pendências. Contudo, o objetivo principal deve ser utilizar esse percentual para guardar dinheiro para o futuro e, principalmente, para investir. 

Se tiver dívidas, elimine-as primeiro. Depois, eduque-se financeiramente e aprenda a não comprar por impulso para não prejudicar mais sua vida financeira. 

É aconselhável estudar sobre investimentos e utilizar esses 20% totalmente nisso. Tenha em mente que você deve fazer uma reserva de emergência e escolher investimentos para curto, médio e longo prazo.  

Qual a importância de usar um método para organizar as finanças? 

Dividir o salário em porcentagens pode parecer que lhe deixará sem dinheiro para viver, mas com o tempo você aprende melhor a se conter na hora de comprar alguma coisa. Fazer um orçamento é importante para termos controle sobre o nosso dinheiro, saber onde ele é gasto e como utilizá-lo de maneira inteligente. 

Um método pode tornar a tarefa mais simples e eficaz, além de possibilitar que todos consigam fazer isso. Se você precisa saber como organizar o orçamento familiar, o método 50-30-20 traz facilidades como: clareza na hora da organização das despesas e como o dinheiro é utilizado e flexibilidade. Ou seja, esses três percentuais podem ser modificados. 

De fato, 20% para investimentos pode ser pouco para alguns, assim como 30% para lazer pode ser um exagero. Se quiser, você pode modificar e utilizar mais em investimentos, como 30% ou até mais, e 20% ou menos em lazer, por exemplo. 

Inclusive, se conseguir, guardar mais do que 30% em investimentos pode ser interessante. Estabelecer a porcentagem em cada categoria depende de cada um. 

O ideal é que a pessoa saiba dividir bem seu dinheiro para utilizá-lo da melhor maneira possível. Mas se nao souber como gostaria de dividir, considere 50-30-20 um bom começo. Adapte no futuro se achar melhor.  

Conclusão

O método 50-30-20 surgiu como uma maneira fácil de organizar o orçamento, utilizando maneiras simples de dividir as despesas e o dinheiro para ser utilizado em cada categoria. Pode parecer difícil no início, mas é totalmente possível.

Se você acha que não pode dividir seu orçamento agora utilizando esse método, organize-se financeiramente e depois coloque-o em prática, adequando seus hábitos e estilo de vida para se enquadrarem no seu orçamento. 

O método é muito eficaz e lhe ajudará a utilizar seu dinheiro com responsabilidade. Portanto, aplique-o o quanto antes e tenha uma vida financeira estável e saudável! 

E você, quer saber como alcançar a independência financeira? Então descubra 7 hábitos milionários que podem lhe ajudar nisso

Controle seus investimentos com o Gorila

Não perca mais tempo com tabelas e planilhas. Conheça uma nova forma de acompanhar a rentabilidade da sua carteira de investimentos.

Controle seus investimentos com o Gorila

E tenha a plataforma mais completa para acompanhar a sua rentabilidade de forma rápida, fácil e transparente.

Leia mais