MORNING CALL – 19/04/21

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Acompanhe as notícias e análises de mercado pelo nosso canal do Telegram 

Exterior: Os investidores na expectativa pela decisão de juros do Banco Central Europeu, dados de atividade (PMI’s) dos EUA, Alemanha e Zona do Euro, balanços de grandes empresas americanas, e a cúpula virtual do clima. Os futuros de Nova York recuam após os recordes na sexta-feira, enquanto as Bolsas europeias têm leve alta, ajudadas pela notícia de que a Pfizer vai entregar mais 100 milhões de vacinas à União Europeia. A queda dos juros dos Treasuries ajuda a manter o dólar em baixa leve frente às divisas emergentes e ligadas a commodities. Na Ásia, as ações se beneficiaram de perspectivas positivas para a recuperação econômica.

Brasil: Bolsonaro disse que pretende “bater o martelo” sobre o Orçamento nesta segunda-feira, em meio ao impasse entre Congresso e a área econômica. O início da CPI da Covid-19 no Senado também fica no radar.

Investimentos: Hoje o dólar e juros futuros podem se beneficiar da queda dos retornos dos Treasuries, entretanto o risco fiscal, político e sanitário do País continua pesando. Deve repercutir nas ações de empresas exportadores de soja e de carne a notícia de que a China e Rússia fizeram queixas contra os produtos do Brasil a embaixadas.

Frigoríficos: A JBS USA vai recolher cerca de 2,2 toneladas de carne desossada importada no país, devido à possível contaminação do produto com a bactéria Escherichia coli. A notícia deve pesar na JBSS3 e nos pares MRFG3 e BRFS3.

Shoppings: As operadoras de shoppings center Aliansce Sonae e Multiplan informaram a reabertura no Estado de São Paulo. A notícia é positiva para a ALSO3 e MULT3, além de ações do setor varejista.

Inscreva-se no nosso canal no Telegram

Acompanhe notícias e análises diárias do mercado financeiro.

Assista a versão em vídeo

Leia mais