MORNING CALL – 20/04/21

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Acompanhe as notícias e análises de mercado pelo nosso canal do Telegram

Exterior: O futuro de Nova York e as bolsas europeias recuam, principalmente a Bolsa de Londres, que é pressionada por ações de empresas de tabaco, após o The Wall Street Journal noticiar que Biden considera exigir a redução da nicotina em cigarros vendidos nos EUA. A alta dos retornos dos Treasuries também prejudica a renda variável, e os investidores estão atentos à divulgação dos balanços corporativos (principalmente P&G, Johnson & Johnson e Netflix). Ásia encerrou mista, após o Banco do Povo da China (BC chinês) manter inalteradas as taxas de juros de referência pelo 12º mês consecutivo.

Brasil: Hoje é véspera de feriado na B3 e as atenções estarão na arrecadação de março, após o acordo entre governo e Congresso que pode elevar a mais de R$ 125 bilhões os gastos de combate à pandemia fora da meta fiscal e do teto de gastos.

Risco Fiscal: O governo também cedeu à pressão dos parlamentares e deve preservar R$ 16,5 bilhões em emendas dentro do Orçamento, que tem que ser sancionado até esta quinta-feira. Além disso, a Câmara derrubou um veto presidencial de 11 anos atrás, do governo Lula, que deve gerar uma despesa de R$ 2,7 bilhões para a União neste ano ao permitir uma reestruturação de carreiras na Receita.

VALE3: A produção de minério de ferro da Vale atingiu 68 milhões de toneladas no 1º trimestre de 2021, alta de 14,2% ante o ano anterior, o que deve favorecer as ações da VALE3, em meio à recente alta do preço do minério de ferro internacional.

Coronavírus: O Brasil se tornou o país das Américas com maior taxa de mortes causadas por covid-19 por milhão de habitantes, ultrapassando México, Peru e Estados Unidos.

Inscreva-se no nosso canal no Telegram

Acompanhe notícias e análises diárias do mercado financeiro.

Assista a versão em vídeo

Leia mais